30 de set de 2009

Dotquilts

Ontem tive uma aula de patchwork na Dotquilts e adorei. Não só me dá mais jeito em termos práticos (localização, horário das aulas, etc.) como imediatamente senti uma grande empatia pelo espaço em si e pela pessoa responsável. Esta loja foi aberta há pouco tempo e as aulas funcionam no piso superior, nomeadamente em horário pós-laboral durante os dias de semana e com poucas pessoas de cada vez. Além disso, tenho total liberdade de escolha do projecto (a ideia dos projectos de Natal que andam aí a impingir não me agrada).

Claro que foi bastante cansativo sair do emprego, ir a correr para a Ajuda e ficar sem jantar e quase precisei de ter palitos nos olhos para os manter abertos. Mas valeu a pena e tenciono repetir a dose (mas provavelmente vou levar qualquer coisa para comer...)

Comecei então a fazer o meu primeiro quilt. Será uma manta para o sofá, em substituição das mantas polares pirosas que costumo ter e que num instante ficam com os pêlos dos cães e com borbotos. Por isso, comprei tecidos que normalmente não teriam comprado, quer a nível das cores - do laranja-abóbora ao creme, passando pelo castanho-chocolate -, quer a nível de padrões, o que foi um desafio. Mas acho que vou adorar. Por enquanto estou a fazer uma barra em nine-patch e, como é óbvio, aquilo que não terminei na aula ficou como TPC. A minha próxima aula é já para a semana e mesmo que não tenha as barras feitas, vou começar os triângulos do centro.

Tenho a certeza que vai ficar o máximo e que vou adorar cada minuto.



*** Mind the translation ***

Yesterday I had a patchwork lesson at Dotquilts and I loved it. Not only it is more practical for me in terms of location and schedule, but I also felt an immediate connection with the place itself and the owner. This shop opened a few months ago and the lessons take place upstairs, after working hours during the week and with few people at a time. Also, I have total freedom in choosing the project (I wasn't a fan of the idea of having to do a Christmas project).

Of course I got really tired because I had to leave work, run to this place, skip dinner and I couldn't barely keep my eyes open. But it was worth it and I intend to do it again (although I'll probably take something to eat with me next time).

And so I started my first quilt. It's going to be a sofa quilt, to replace the cheap blankets I usually have there, that always get dirty with the dog's fur and start looking old really quickly. I had to buy fabrics which I wouldn't normally buy, both in colours - pumpkin-orange, vanilla, chocolate-brown - and in patterns, which was challenging. But I think I'll love it. So far, I'm doing nine-patch side bars, and obviously what I didn't finish during the class I took home as homework. My next class will be next week and even if I don't finish the side bars until then, I'll start the triangles for the center top.

I'm sure it will turn out great and that I'll love every minute in the process.

25 de set de 2009

A slap in the face

Escrevo-vos hoje com um reforçado sentido de humildade. Ando a brincar às costuras há uns meses e adoro - dá-me prazer, faz-me bem. Mas quando visito os blogs de outras pessoas que se dedicam mais a sério e há mais tempo à costura e ao patchwork fico... KO! A sério, há por aí pessoas fantásticas, com muito mais jeito e imaginação do que eu, a fazerem peças de uma beleza com um valor incalculável. Será que alguma vez chegarei aos calcanhares dos meus novos ídolos?

Gostaria de pensar que sim. Que um dia as minhas peças não vão ser só para oferecer entre o círculo de amigos mais intímos. Que um dia vão ter qualidade suficiente para as vender a um cliente mesmo. Que um também vou ter um nome de marca. Que um dia vou ter uma Etsy Store.

Mas, por agora, não tenho tido tempo para nada. Começo outra vez a ressacar, a sentir falta de comprar tecidos, fazer uma peça do princípio ao fim, ir a uma aula, aprender... usar a imaginação. Entre o trabalho, o voluntariado pelos animais, os programas com os amigos e as obrigações familiares, tem sido mesmo perto de impossível. Até porque não gosto de subir para o atelier para "lavorar" se não estiver mesmo mesmo mesmo na mood para tal. Mais uma vez, é suposto ser um prazer, não uma obrigação.


PS - A mala para o pc Magalhães da Nônô continua por acabar. Ooops!



I'm writing today with a anew sense of humbleness. I've been toying around with sewing for a little while and I love it - it brings be pleasure, it's does me good. But when I visit other blogs from people who take sewing and quilting more seriously and for a long time... I'm KO! Seriously, there are fantastic people out there, far more handy and imaginative than me, who do priceless pieces. Will I ever even reach half the level of my new idols?

I would like to think so. That someday my pieces will no longer be just to give to my closest friends. That someday they will be good enough to actually sell them to a real client. That someday I'll have a brand name and an Etsy Store.

But, for now, time is nowhere to be seen. I'm once again missing buying fabrics, doing a piece from scratch, going to classes, learning... using my imagination. But between work, the volunteer work with rescued animals, the dates with friends and the family reunions, it has been close to impossible. And I don't like to go up to my workspace just "because", I have to be in the real mood for it. Again, it's supposed to be a pleasure and not an obligation.


PS - The little pc purse I'm doing to Nônô remains unfinished. Ooops!

8 de set de 2009

Muito trabalho, pouco tempo / Lots of work, little time

Não tenho tido oportunidade para costurar nos últimos dias, mas encomendas não me faltam! É frustrante!

I haven't had the chance to sew in the last few days, but what I do have is a lot of orders. So frustrating!
Related Posts with Thumbnails